Felizmente Há Luar!

Felizmente Há Luar!    Sinopse -Felizmente Há Luar!

Eu sou um homem de teatro concreto, real, de palco. Para mim, o teatro surge quando está no palco, quando estabelece uma relação social, concreta, num povo e num grupo. O livro meramente, ou o texto, tem para mim muito pouco significado, apesar de eu ser um autor teatral. (…) Eu sou um homem para quem só conta o espectáculo.

 Luís de Sttau Monteiro

Cena de "Felizmente há Luar!" pelo TEP

Resolve um questionário interactivo sobre a obra. Aqui.

Encontras mais exercícios interactivos aqui.

 

Aqui podes também resolver uma ficha de verificação de leitura da obra.

Questionário interactivo sobre o acto II. Aqui.

 

 

Curiosidades:

A peça de teatro Felizmente Há Luar!, publicada em 1961, foi distinguida com o Grande Prémio de Teatro, tendo sido proibida pela censura a sua representação. Só viria a ser representada em 1978 no Teatro Nacional. Foram vendidos 160 mil exemplares da peça, resultando num êxito estrondoso.

Análise da obra Felizmente Há Luar! em powerpoint. AQUI.

 

Aqui podes consultar outra análise da obra

 

 Consulta a biografia e bibliografia de Luís de Sttau Monteiro, autor da obra:

Luís de Sttau Monteiro - biografia e bibliografia

Topo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: